Héléne Isabeau de Portugal D'Blanche, nascida em Lisboa a 20 de Março de 1989. Autora da obra "Fode-me". Está na plataforma do wattpad, para conhecer mais sobre a autora, clique aqui.



Gosto de dizer que sou fruto de um poema, e deixar que os leitores tirem as suas conclusões!


Sinopse: Isabeau trabalhava num pequeníssimo e insignificante café de uma pacata zona da Provença. Numa vila rodeada por mares de púrpura, compostos por infinitas planícies de perfumado rosmaninho e lavanda; um lugar onde a Primavera se mostrava teimosa para fenecer, ansiando pela rudeza das mãos de seu amante Verão. Naquele lugar, os dias eram sempre iguais, a rotina comandava todos, pelo que foi um choque quando um intimidante Rolls-Royce se deteve na pequena localidade.
Isabeau temera de imediato o que aquilo poderia vir a significar, porém, jamais sonhara que anos depois estaria amarrada à cama de um hotel de New York a gritar: "Fode-me".





Blog Uma Dose A Mais: Qual foi a inspiração para escrever "Fode-me"?

Autora: Gosto de abordar temas obscuros e sou apaixonada por romances. Mas a verdadeira inspiração que me incentivou a pensar nesta história foi um sentimento estúpido, louco, insano, que nasceu no meu peito por um homem impossível de ser alcançado. É fruto de um amor impossível.


Blog Uma Dose A Mais: Como foi a criação dos personagens?

Autora: Não sei dizer como foi a inspiração para criar os personagens. Pego no papel e desenvolvo, apenas isso. Nascem sozinhas.


Blog Uma Dose A Mais: Quanto tempo levou para concluir "Fode-me"?

Autora: Fode-me ainda não está completo. Mas posso dizer que já possui mais de 200 páginas e que demorei 1 mês a escrevê-las.



Blog Uma Dose A Mais: Quanto tempo tu dedicas a escrita por dia?

Autora: Diria que dedico 90% do meu dia à escrita. Em casa ou no trabalho, estou constantemente a escrever. É o único que me faz sentir viva.
O único que me permite fugir da cruel realidade que me consome e me condena, que me mantém sob a monstruosa tortura de saber que jamais poderei viver o amor que sinto.


Blog Uma Dose A Mais:  Como é a interação com os seus leitores?

Autora: A interacção com os meus leitores é excelente. Cada um deles é fantástico e aprendi a reconhecê-los pelas fotos de usuário do Wattpad. Quando um deles comenta, sei sempre que comentários fez anteriormente. Tornam-se companheiros de viagem e melhoram-nos em todos os aspectos. São a razão de eu continuar com a escrita e da obra se desenvolver com tanta facilidade. Eles inspiram-me e apoiam-me. São maravilhosos. Sem eles, não seria nada. Com ou sem comentários, vejo os votos e sinto o apoio todo através das visualizações. A interacção com eles não poderia ser melhor e espero, de coração, estar sempre à altura e nunca decepcioná-los.


Blog Uma Dose A Mais:  Qual o teu livro e autor preferido?

Autora:O meu livro preferido é 'O Livro do Desassossego' de Bernardo Soares, heterónimo de Fernando Pessoa. É, simplesmente, uma obra de arte! O meu autor preferido é Júlio Dinis, autor da obra Uma Família Inglesa.


Blog Uma Dose A Mais:  O que os leitores podem esperar de "Fode-me"?

Autora: Da obra "Fode-me" os leitores podem esperar uma história que é 80% sentimento, 20% erotismo. Uma obra que contará a história de duas criaturas cujos destinos se cruzaram em uma outra vida e se voltaram a reencontrar. Dois seres de passados difíceis, para os quais a vida não foi doce, que viverão uma história de amor difícil e que mudará os seus destinos para sempre. "Fode-me" é um livro que quebra padrões preservando a magia irracional do romantismo.

Blog Uma Dose A Mais:  Qual a mensagem que você quis passar ao escrever "Fode-me"?

Autora: A mensagem que eu quis, e quero, transmitir ao escrever este livro é a de que todos somos lindos, todos somos perfeitos. Não importa o que a sociedade diga. E que o amor vai para além do físico, dos estereótipos e de estúpidos requisitos como tempo. Que todo o ser humano tem a sua metade e que o amor dura para além da morte e renasce em todas as vidas que a pessoa vive.

Blog Uma Dose A Mais:  Agora fique a vontade para mandar uma mensagem a todos os leitores de "Fode-me" e aos possíveis futuros leitores.

Autora: Aos leitores e possíveis leitores, gostaria de deixar a seguinte mensagem: Jamais avaliem uma obra pela capa e pelo título. Avaliem-na pelo seu conteúdo. E façam o mesmo com todas as pessoas que conhecerem nesta vida. Não julguem ninguém pelas aparências ou pelo que parecem ser, conheçam a pessoa. Tentem ver-lhe o interior. Sempre. Porque o que importa é o que há dentro de cada um de nós; lembrem-se que a alma e a mente são as únicas partes do ser humano que não podem ser submetidas a cirurgias plásticas; elas são o que são. E também gostaria de dizer que espero que encontrem algum tipo de conforto ou alegria nesta história, que encontrem nas minhas palavras aquele amigo de que tanto precisamos em momentos difíceis, e que, acima de tudo, ela vos permita ver que há sempre esperança, que há sempre a possibilidade de sermos felizes. Aconteça o que acontecer. Quero dizer aos que já lêem a obra e aos que vão ler, para nunca desistirem dos seus sonhos, para se orgulharem de quem são e para terem sempre, SEMPRE, esperança. Esta aspirante a escritora estará sempre lá para quem precisar, sempre disposta a dar uma palavra amiga aos que a procurarem.
E também quero agradecer a todos aqueles que já lêem a minha história. Muito obrigada. Não há palavras suficientes para mostrar quão grata me sinto!





Eu só tenho a agradecer a Héléne, não só por essa entrevista maravilhosa como também pelo livro que ela escreve! Sou muito grata por tê-la conhecido! Para quem se interessou, a obra "Fode-me" de autoria de Héléne está disponível no wattpad, para conhecer mais sobre o livro clique aqui. Para acompanhar Héléne clique aqui.